quarta-feira , outubro 17 2018
Home / Coluna da Gazeta / Frase: “O voto deve ser rigorosamente secreto. Só assim, afinal, o eleitor não terá vergonha de votar no seu candidato” (Aparício Torelly, o Barão de Itararé, jornalista e escritor brasileiro)

Frase: “O voto deve ser rigorosamente secreto. Só assim, afinal, o eleitor não terá vergonha de votar no seu candidato” (Aparício Torelly, o Barão de Itararé, jornalista e escritor brasileiro)

Paulo Alberti Filho

ESTRATÉGIAS
Os candidatos apostam em diferentes estratégias para buscar o voto dos eleitores indecisos e consideram que a maioria fechará suas opções para deputado na véspera de votar. Desde o último fim de semana, já é possível notar mais cabos eleitorais nas ruas com bandeiras e distribuição de material.

REGISTRO
E tem até pesquisa eleitoral para deputado com registro no TSE. Outras pesquisas são feitas por candidatos para saber como andam suas campanhas, e circulam no meio político, mas não podem ser divulgadas pela falta de registro.

ORÇAMENTO
A Prefeitura entregou na sexta-feira, 28 de setembro, na Câmara Municipal, o projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2019. Os números foram apresentados em audiência pública e não houve mudanças. O Orçamento do Município no ano que vem está previsto em R$ 506 milhões. As secretarias de Saúde e Educação ficam com 72% dos recursos. Para a Câmara de Vereadores, generosos R$ 29,9 milhões.

FEBRE
Bastou uma Câmara de Vereadores aprovar projetos de lei proibindo o uso de canudinhos de plásticos e o uso de fogos de artifício com ruídos, para os legislativos municipais em todo o Estado copiarem a iniciativa. No parlamento local as discussões sobre os temas estão em pauta.

PAPELÓRIO
Neste final de semana o papelório deve tomar conta das ruas da cidade. A eleição é no domingo e os ‘santinhos’ vão ser jogados em grandes quantidades. Com o dinheiro curto, o material de campanha deverá ser despejado somente nestes dois dias que antecedem a votação.

FEDERAL
Bragança tem deputado estadual desde o início dos anos 1960, quando Nabi Chedid se tornou o primeiro a se eleger representando a cidade. O estranho é que na esfera federal, teve apenas o filho dele, Marquinho Chedid, e mais ninguém. Nestas eleições, por exemplo, o número de forasteiros que tentam ou já têm cadeira em Brasília aumentou consideravelmente. Pena que a cidade não tenha um candidato próprio a representá-la na capital da República. O resultado disso é um céu forrado de paraquedistas que aterrissam por estas paragens.

EXPECTATIVA
A curiosidade da população está aguçada sobre a votação que os candidatos conhecidos na cidade vão ter nas urnas. Não menos aguçada está a expectativa em torno do montante de eleitores que vai deixar de comparecer às urnas. Bragança tem mantido média de 30% desde 2014. Apostas estão sendo feitas por toda a cidade.

NULOS E BRANCOS
Para o leitor e eleitor que ainda tem dúvida sobre o tema, a resposta é simples: votos brancos e nulos não vão para nenhum candidato ou partido. A lei determina que se considerem apenas os votos válidos.

DE VOLTA
Dias depois de encerradas as eleições, o vereador Sidnei Guedes deve retomar a cadeira na Câmara, de onde se afastou por 30 dias para fazer campanha como candidato a deputado.

CHARIVARI
Vereadores esquentaram o clima na penúltima sessão legislativa e o motivo foi o fechamento da tesouraria da Prefeitura. Muitos quiseram faturar em cima da decisão do Executivo. Tesouraria é algo que não existe mais em nenhuma repartição pública. Os defensores procuraram, com o barulho, garantir espaço na mídia.

PROCONS
Alguns institutos de defesa do consumidor, como os Procons, já saíram a campo em algumas cidades para monitorar os preços de mais de 500 itens vendidos durante o maior evento e-commerce do Brasil, que acontece no dia 23 de novembro, conhecido por Black Friday. Para evitar o famoso ‘tudo pela metade do dobro’. O objetivo é evitar fraudes e falsas promoções. Seria oportuno o Procon de Bragança visitar o comércio.

Reflexão: Salmos 85:1-13

1- Abençoaste, SENHOR, a tua terra; fizeste voltar o cativeiro de Jacó.
2- Perdoaste a iniqüidade do teu povo; cobriste todos os seus pecados. (Selá.)
3- Fizeste cessar toda a tua indignação; desviaste-te do ardor da tua ira.
4- Torna-nos a trazer, ó Deus da nossa salvação, e faze cessar a tua ira de sobre nós.
5- Acaso estarás sempre irado contra nós? Estenderás a tua ira a todas as gerações?
6- Não tornarás a vivificar-nos, para que o teu povo se alegre em ti?
7- Mostra-nos, Senhor, a tua misericórdia, e concede-nos a tua salvação.
8- Escutarei o que Deus, o Senhor, falar; porque falará de paz ao seu povo, e aos santos, para que não voltem à loucura.
9- Certamente que a salvação está perto daqueles que o temem, para que a glória habite na nossa terra.
10- A misericórdia e a verdade se encontraram; a justiça e a paz se beijaram.
11- A verdade brotará da terra, e a justiça olhará desde os céus.
12- Também o Senhor dará o que é bom, e a nossa terra dará o seu fruto.
13- A justiça irá adiante dele, e nos porá no caminho das suas pisadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *