segunda-feira , dezembro 11 2017
Home / Cidade / Tumulto de servidores muda data de sessão extraordinária da Câmara

Tumulto de servidores muda data de sessão extraordinária da Câmara

Fora o nervosismo causado pela manifestação dos servidores municipais contra um projeto que está na pauta de votação do Poder Legislativo, a última sessão ordinária foi relativamente tranquila, na tarde dessa terça-feira, 5 de dezembro. Duas sessões extraordinárias foram marcadas para a próxima semana com objetivo de aprovar a lei que reduzirá o valor mínimo dos precatórios a serem pagos pela Prefeitura.
O embate entre servidores e a chefia da prefeitura se dá por causa da proposta de reduzir o valor de decisões judiciais, precatórios, hoje de R$ 28 mil para R$ 5 mil ou R$ 10 mil. A votação do projeto de lei com a primeira proposta, R$ 5 mil, foi adiada da semana passada devido a um protesto de servidores quanto ao valor. O mesmo projeto foi retirado no início da sessão dessa terça-feira, 5. Contudo, outro projeto foi enviado pelo prefeito Jesus Chedid, com a proposta de aumentar o valor mínimo para os precatórios, R$ 10 mil. Ainda assim os funcionários públicos municipais protestaram, tanto pelo valor quanto pelo horário da sessão extraordinária que a princípio seria realizada às 17h00 desta quinta-feira, 7. A Mesa Diretora suspendeu a sessão em meio aos protestos e na volta remarcou as sessões extraordinárias para terça, 12 às 16h00.
Na abertura da sessão, momento reservado para a Tribuna Livre, Tânia Guelpa Clemente, assistente social, explanou sobre o ‘Dezembro Vermelho’, ocasião em que são desenvolvidas ações de conscientização sobre os perigos do contágio do HIV/Aids, como evitar e como tratar, através da Campanha Fique Sabendo. Tereza Montero Otondo, Jornalista, também ocupou a tribuna para informar como foi o concurso que indica a ‘Coruja buraqueira’, como ave símbolo do Município.
Foi anunciado também que já chegaram à cidade 12 veículos adquiridos pela concessionária Nossa Senhora de Fátima Auto Ônibus que em breve entram em circulação no sistema de transporte coletivo de passageiros. No total a empresa tem que colocar em circulação 30 veículos até o fim deste mês.
Todos os projetos da pauta, com exceção do que trata dos precatórios, foram votados e aprovados por unanimidade. Entre estes abertura de crédito suplementar para o prefeito no montante arrecadado com o Programa de Recuperação Fiscal (Refis); isenção de IPTU para imóveis atingidos por enchentes; denominação de rua; alteração de lei para autorizar o uso de aparelhos celulares e outros nas salas de aulas para fins pedagógicos; e a instituição da ‘Semana Municipal de Valorização Cultural do Mercado Municipal.
Nem todos os vereadores fizeram uso da palavra na tribuna para tratar de assuntos diversos, o que levou ao encerramento da sessão por volta das 19h10.

Os servidores municipais reclamaram, em coro, a chegada de outro projeto que altera para mais o valor dos precatórios e o horário da sessão extraordinária
Os servidores municipais reclamaram, em coro, a chegada de outro projeto que altera para mais o valor dos precatórios e o horário da sessão extraordinária

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *