segunda-feira , dezembro 11 2017
Home / Cidade / ASSIM NASCE… …UMA VOÇOROCA

ASSIM NASCE… …UMA VOÇOROCA

O assoreamento já modifica o tamanho e a profundidade do lago do Tanque do Moinho. Num olhar de uma das partes mais altas é possível observar a afirmativa anterior. Todavia, coincidentemente, no mesmo endereço, Rua dos Ipês, escolhido para a observação e tomada de imagens, a GB descobriu uma das fontes do problema. Uma voçoroca está em formação. Este fenômeno geológico consiste na formação de grandes buracos de erosão pelas enxurradas. A voçoroca torna o solo pobre, seco, quimicamente morto e nada fecundo. O ponto de origem, uma estrutura da Sabesp à beira do barranco sem qualquer proteção no entorno permite que as enxurradas carreguem todo o solo para o vale onde está o Tanque do Moinho. Vizinhos se descrevem temerosos com as próximas chuvas. E o lago que não reclama apenas demonstra seu aspecto empobrecido.

2311171

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *