quinta-feira , julho 20 2017
Home / Esportes / Amador LBF: Massagista do FAC é suspenso por 720 dias após chutar árbitro

Amador LBF: Massagista do FAC é suspenso por 720 dias após chutar árbitro

Mais um lamentável caso de agressão foi registrado no Amadorzão da primeira divisão, organizado pela Liga Bragantina de Futebol – LBF. A agressão ocorreu na partida entre São Lourenço e Ferroviários no sábado, 15, e foi relatada pelo árbitro Luis Fernando de Oliveira na súmula do jogo. Segundo o relato do árbitro, aos 42 minutos do segundo tempo, ele marcou entrada violenta, do jogador, Roger Aparecido S. Ferreira, do São Lourenço que chutou com força o jogador Everton Moreno da Silva, do FAC. Ao ser chutado, Everton revidou com tapas, chegando a segurar o atleta pelo pescoço, o empurrando. Diante de tal violência o árbitro expulsou os dois. Neste momento o massagista da equipe do FAC, Leandro Quarterone Pires, “adentrou o campo de jogo e desferiu um pontapé nas pernas do árbitro, sendo expulso da partida”, conforme registado na súmula do jogo.
A LBF, mais uma vez agiu rápido e puniu o membro da comissão técnica do FAC com 720 dias de suspensão de qualquer evento, seja oficial ou amistoso, realizado pela liga tanto como membro de comissão, ou como atleta, independente das sanções disciplinares a serem aplicadas pela Justiça Desportiva. O Ferroviários também foi punido e terá que pagar uma multa de R$500,00.
Esse é o segundo caso registrado em menos de uma semana e que teve uma ação rápida e uma punição severa da LBF. O primeiro aconteceu há uma semana, na rodada do dia 8 de abril, quando o então treinador do São Lourenço, Evandro Henicka, o Gaúcho, agrediu o árbitro Edson Bezerra com socos no intervalo da partida entre São Lourenço e União Santa Filomena. Gaúcho também levou 720 dias de suspensão.

2004176

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *