sexta-feira , maio 26 2017
Home / Cotidiano / Eleição do Sismub: Assembleia para compor comissão acontece hoje

Eleição do Sismub: Assembleia para compor comissão acontece hoje

Conforme a Gazeta Bragantina informou na semana passada, após as eleições do Sismub terem sido suspensas por determinação do juiz do trabalho Newton Cunha de Sena, a atual diretoria do Sismub, presidido por Carlos Martins, entrou com o recurso para reconsideração da decisão. O recurso foi negado pelo juiz que manteve sua decisão de suspender as eleições que ocorreriam em 11 e 12 de abril. O juiz ainda determinou que o Sismub convocasse dentro do prazo de 30 dias para convocar ova Assembleia Geral para a eleição da comissão eleitoral e assim dar continuidade ao processo das eleições para o próximo mandato. A Assembleia foi convocada para hoje, às 18h, quando se iniciam a Expoagro e Festa do Peão.
A GB apurou que das quatro chapas concorrentes, apenas Chapa 2 não foi informada sobre a reunião que ocorreu na semana passada para definição da data. O edital da Assembleia foi publicado na imprensa bragantina no domingo, 16.
A ação para suspenção das eleições foi de autoria da assessoria jurídica da chapa 2, encabeçada por Claudio Vianna que alegou a constituição ilegal da comissão eleitoral, não cumprindo os termos constantes no estatuto.
HISTÓRIA- Em seu despacho o juiz alegou que suspendeu as eleições, porque a comissão eleitoral deve ser eleita em Assembleia como determina o estatuto do sindicato, e não ter membros indicados pela FUPESP – Federação de Funcionários Públicos do Estado de São Paulo, conforme apontou a ata da Assembleia. O juiz disse ainda que na mesma ata, o “Presidente propôs que a Federação assumisse a coordenação da eleição, o que contraria frontalmente o art. 49 do seu estatuto. “O artigo 49 determina que os membros da comissão eleitoral sejam eleitos e não indicados, muito menos por terceiros (nesse caso FUPESP). Os membros da comissão devem ser associados que estejam em dia com suas obrigações. Ainda segundo o despacho os atuais membros indicados sequer residem no território da requerida (SISMUB), e sequer há informações de que pertencem a categoria profissional. O despacho diz que: “Além de os indicados a compor a comissão eleitoral não terem comprovado que são associados da requerida, conforme §3° do art 49, do indigitado Estatuto, eles deveriam ter tomado posse na própria assembleia que os elegeu, o que não ocorreu, pois, além de não terem sido eleitos não estavam presentes naquela.
Concorrem as Eleições do SISMUB a chapa 1 encabeçada por Carlos Alberto Martins que tenta a reeleição, a chapa 2 encabeçada por Claudio Viana, a chapa 3 encabeçada por Lorena Nunes da Silva e a chapa 4 encabeçada por Michele Aparecida de Carvalho.

Todos os funcionários públicos municipais podem comparecer a sede da Sismub, situada na av. Cel. Daniel Peluso, 501, Matadouro
Todos os funcionários públicos municipais podem comparecer a sede da Sismub, situada na av. Cel. Daniel Peluso, 501, Matadouro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *