segunda-feira , dezembro 11 2017
Home / Editorial / Não se iluda com a nova Câmara

Não se iluda com a nova Câmara

A composição da nova Câmara Municipal tem pouca novidade. Dos 19 apenas 5 se enquadram na tão propalada renovação: Claudio Moreno, Rita Leme, Basílio Zechin, Dr. Claudio e Ditinho Bueno, todos inexperientes em termos de legislativo. Os 14 já são “macacos velhos” de outras jornadas. Dos atuais, nove deles retornam. Alguns desgastados pela péssima gestão como Fabiana, Gabriel, Mário B. Silva, Quique Brown, Natanael Ananias e Marcus Valle tiveram votações inferiores às de 2012. Bugalu teve 59 votos a mais; Tião do Fórum obteve dois votos a mais que 2012 e Paulo Mário obteve 192 votos a mais. João Carlos Carvalho, Marcolino, Sidney Guedes e Beth Chedid retornam depois de ficarem anos fora, e Moufid que dispensa comentários.
O comportamento dessa composição vai depender muito do prefeito e do grau de comprometimento que cada um deles tem com seu grupo político e com o povo.
A atual Câmara está desacreditada porque se locupletou com o Poder Executivo, abandonou o povo e se recusou investigar as barbáries cometidas na Saúde e em demais setores da administração municipal. E um dos responsáveis pela desgraça da conservação da cidade, que motivou a criação da sessão TAMO NA ROÇA para apontar o abandono que esse cidadão e o prefeito do PT legaram à nossa cidade nos últimos 3 anos e 9 meses, está eleito.
É prematuro avaliar a conduta da nova Câmara até porque nem foram diplomados e empossados, o que se dará em 1º de janeiro de 2017. Porém, a história já provou que os 14 “macacos velhos” eleitos neste ano, não têm muito a acrescentar.
O tom da conversa caminha no sentido de que a recuperação da cidade dará um salvo conduto ao prefeito e a sua bancada na Câmara até surtirem os primeiros resultados práticos que a população tanto espera. Depois de quase quatro anos de desgraça, qualquer sinal da cruz é bálsamo para a ferida provocada pela catastrófica gestão do governo do PT local e pela cumplicidade sem precedentes dos atuais vereadores, sem exceção.
As esperanças estão lançadas e Jesus Chedid, se vencer os entraves legais e assumir, certamente conduzirá com mão de ferro a administração da Prefeitura para recuperar a cidade. É isso que o povo espera, dele e dos 19 vereadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *